Pular para o conteúdo principal

DEVA PREMAL E SEU PARCEIRO MITEN - A TALENTOSA CANTORA DE MANTRAS





A talentosa cantora Deva Premal e
seu parceiro Miten





Deva Premal nasceu em 1970 na Alemanha, é uma das mais conhecidas cantoras de New Age
e Mantras. Faz turnês desde 1991 no mundo
todo e já vendeu mais de um milhão de álbuns.
Seus álbuns, The Essence, Love is Space, Embrace , Dakshina e Moola Mantra são os mais tocados em estúdios de Yoga e centros
de bem estar no mundo todo.


O percurso artístico de Deva Premal & Miten tem sido preenchido com a partilha de canções sagradas e mantras da tradição oriental de meditação. Sob o lema de que o canto é um caminho para acalmar a mente e o coração, a música de Deva Premal & Miten transcende todas as fronteiras musicais.





  Os álbuns desta dupla ultrapassam mais de um milhão de vendas mundiais, recebendo elogios provenientes de diversas personalidades, tais como Eckard Tolle, Cher, Anthony Robbins e Sua Santidade Dalai Lama.



File:Deva Premal 07-9.jpg

Deva Premal, cantante de mantra,
en octubre de 2006



BIOGRAFIA


Deva Premal (Núremberg, Alemania; 1970), es una cantante conocida por su música New Age meditativa espiritual, que introduce antiguos mantras en una atmósfera actual.[cita requerida]
Deva es compañera en la vida y en la música de Miten, con quien se encontró en el Osho Ashram de Pune (India) en 1990. Juntos componen música y ofrecen conciertos por el mundo entero.[1]
Deva recibió formación musical clásica pero creció cantando mantras en su hogar alemán, hogar impregnado de espiritualidad oriental. Sus álbumes han encabezado las listas de New Age en todo el mundo desde el lanzamiento deThe Essence, con el Gayatri Mantra. Su sello discográfico, Prabhu Music, ha vendido más de 900.000 copias[2]
En una entrevista con Sam Slovik, del Los Angeles Yoga Magazine, Deva habló sobre el gran efecto que causa en muchos oyentes cuando canta mantras en sánscrito.[3]
Con frecuencia, las canciones de Deva se han sido utilizadas por otros artistas como Cher, que versionó el Gayatri Mantra en su Farewell Tour,[4] la bailarina rusa Diana Vishneva, o el actor y director Edward James Olmos, entre otros.[5]
Deva y Miten actuaron para el Dalai Lama durante la conferencia de 2002 en Múnich (Alemania) por la "Unidad en la dualidad",[6] que reunió a figuras importantes de la comunidad científica junto con miembros de la comunidad budista.
El album, Tibetan Mantras For Turbulent Times, fue grabado con los monjes Gyuto del Tíbet con objeto de apoyar la práctica de la meditación y contiene ocho mantras cantados 108 veces cada uno. Se trata de un CD benéfico cuyas ganancias irán a parar a la Orden Gyuto en Dharamsala (India) el Proyecto Phowa y Veggiyana.[7]

Discografía

  • The Essence (1998)
  • Love Is Space (2000)
  • Embrace (2002)
  • Satsang (con Miten) (2002)
  • Dakshina (2005)
  • The Moola Mantra (2007)
  • Into Silence (2008) (compilation)
  • In Concert: The Yoga of Sacred Song and Chant (con Miten & Manose) (2009) (CD/DVD)
  • Mantras For Precarious Times (2009)
  • Tibetan Mantras For Turbulent Times (2010)
  • Password (2011)

Referencias

  1. Dubrovsky, Anna. Yoga Rock Stars, Yoga International, September 2008.
  2. 900000 CDs sold worldwide! - Prabhu Music
  3. Shapiro, Ed & Deb. Do Mantras Really Work, Huffington Post, Oct 20 2009.
  4. Tsering, Lisa. "Cher Chants Gayatri Mantra At Her Concerts", Times of London, Sept 5 2003.
  5. White Swan Records. Journey to the Inner East Deva Premal: Product Review.
  6. Tarab Institute. Unity In Duality-Tendrel Congress, Tarab Institute, Oct 10-13 2002.
  7. The Veggiyana

Lazos externos

Fonte:http://es.wikipedia.org/wiki/Deva_Premal


VÍDEOS


Postagens mais visitadas deste blog

MÚSICA ANDINA : A ALMA MUSICAL DOS ANDES

Música andina é um termo que se aplica a uma vasta gama de gêneros músicas originados na Cordilheira dos Andes, aproximadamente na área dominada pelos incas antes do contato europeu. Esta área inclui integramente a Bolívia, norte do Chile, norte da Argentina, serras do Equador e o sul do Peru.
É tocada com uma gama variada de instrumentos nativos. Em algumas regiões e países, caracteriza-se pela interpretação com instrumentos como a flauta de pã, a quena, o charango e o tambor. Em outros lugares, os instrumentos básicos são o requinto (espécie de cavaquinho com altas notas melódicas), o violão, o triplo (espécie de violão com notas agudas), e a bandola. Entre os artistas mais destacados desse estilo musical regional são incluidos os grupos bolivianos, peruanos e chilenos como Los Kjarkas, Savia Andina, Alborada, Illapu e Inti-Illimani.

A flauta de pã ou flauta de pan é um instrumento musicalsul americano, e o nome genérico dado a instrumentos musicais constituídos por um conjunto de tub…

CANTO GREGORIANO - A MAIS ANTIGA MANIFESTAÇÃO MUSICAL DO OCIDENTE

Canto Gregoriano, ou Cantochão, é o nome que se dá à música monofônica, de apenas uma melodia, sem acompanhamento. Seu nome deriva do papa Gregório I, que comandou a igreja entre 590 e 604. Gregório I empreendeu uma reforma na igreja e passou a implementar este tipo de canto nas celebrações religiosas.

HISTÓRIA DO CANTO GREGORIANO

O canto gregoriano é a mais antiga manifestação musical do Ocidente e tem suas raízes nos cantos das antigas sinagogas, desde os tempos de Jesus Cristo. Os primeiros cristãos e discípulos de Cristo foram judeus convertidos que, perseverantes na oração, continuaram a cantar os salmos e cânticos do Antigo Testamento como estavam acostumados, embora com outro sentido, à medida que os não judeus gregos e romanos foram também se tornando cristãos, elementos da música e da cultura greco-franco-romana foram sendo acrescentados às canções judaicas.
O período de formação do canto gregoriano vai dos séculos I ao VI, atingindo o seu auge nos séculos VII e VIII, quando fo…

VIOLINO : A POESIA E O SOM DIVINO

SOM DIVINO
Ligi@Tomarchio®





Alameda passa...

Meus olhos sombreados
deliciam-se com o verde
e raios chamam
minh'alma encantada.

Violinos traduzem
em notas musicais as cores do céu...

Na terra, o pulsar...Corações apaixonados
entoados pela música divina
afinando os laços
que nos unem à vida.



* * * SUBLIME MELODIA
Elio Mollo
O espiritual e o material interagem
formando o grande astral
segundo a lei da afinidade
onde Amor é celebridade. Só se firma a sociedade
com a solidariedade
Isto sim, produz
A verdadeira liberdade.
Dessa forma o Amor
ordena toda a Humanidade. No Universo tudo se concatena
do mais simples ao mais complexo
do inculto ao mais sábio
do elementar até o arcanjo.
Seguindo todos numa evolução. Cada ser em seu apogeu
não sofre substituição
mas é sempre sucedido
numa boa diposição Cada ente tem sua nota
do, ré, mi, fá, sol, lá ou si
que o Amor ordena
numa oitava abaixo
ou em uma oitava acima
formando um acorde magistral
numa seqüência fundamental
fazendo soar
a sublime melodia universal. * * * CANTO À VIDAMarcial Sala…