Pular para o conteúdo principal

ANOUSHKA SHANKAR - O SOM SAGRADO DA SÍTARA INDIANA



Anoushka Shankar (nascida a 9 de Junho de 1981) é sitarista e compositora britânica de origem indiana. É filha de Ravi Shankar, sitarista indiano, e Sukanya Shankar. É meia-irmã, pela parte do pai, de Norah Jones, vencedora de oito Grammy Award.
Anoushka nasceu em Londres. Aos oito anos de idade, o seu pai iniciou-a no treino do sitar. Deu o seu primeiro espectáculo público aos treze anos de idade em Nova Deli. Desde então, tornou-se numa sitarista mundialmente reconhecida. O seu nome é uma homenagem a uma grande amiga da família, Anne Pennington, e a versão russa do nome foi em consequência da popularidade da actriz Anoushka Hempel na ocasião.
Depois da sua mãe se juntar de novo com Ravi Shankar, viveu desde os sete anos de idade em Encinitas, Califórnia, nos EUA, onde deu vários espectáculos de caridade durante a sua adolescência e graduou-se na escola secundária local.
Num documentário da estação pública americana PBS, Anoushka explicou que foi assim que ganhou o seu sotaque Americano que, segundo ela, os seus fãs indianos acham “engraçado”.
Em 1998, Anoushka tocou num jantar de gala para convidados que de entre os quais fazia parte o Ministro dos Negócios Estrangeiros britânico Robin Cook, que a distinguiu com o Escudo da Câmara dos Comuns. Em Fevereiro de 2000, Shankar tornou-se na primeira mulher a actuar no The Ramakrishna Centre em Calcutá. A Indian Television Academy, a Asmi, e o “India Times” escolheram-na como uma das quatro Mulheres do Ano em 2003. Em 2004, foi nomeada como um dos vinte Heróis Asiáticos pela edição indiana da revista Time
O seu álbum “Rise” foi nomeado para um Grammy na categoria de Melhor Álbum Contemporâneo de World Music. Anoushka também se tornou na primeira mulher a actuar nos Grammy Awards ao tocar durante a cerimónia da 48ª edição, antes da transmissão televisiva.
Tocou sitar no Concert for George, um espectáculo memorial a George Harrison no primeiro aniversário da sua morte. O concerto deu-se no Rotal Albert Hall em Londres a 29 de Novembro de 2002.
Shankar é uma ativista pelos direito dos animais e membro do PETA, People for the Ethical Treatment of Animals (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais). Ela e o seu pai apareceram numa pequena publicidade institucional contra o sofrimento dos animais. [1]
Anoushka, em colaboração com Karsh Kale, lançou um álbum intitulado “Breathing Under Water”, uma mescla entre sitar clássico e música electrónica. Vocalistas convidados incluem Norah Jones e Sting. O seu pai também actua num dueto de sitar com Anoushka. O álbum foi lançado a 28 de Agosto de 2007.
Anoushka gravou o seu último álbum em Madrid, Espanha. Lançado no outono de 2011, "Traveller" explorara semelhanças e diferenças entre a música indiana clássica e o flamenco espanhol, e mostra os talentos de Shubha Mudgal, Tanmoy Bose, Pepe Habichuela, Sandra Carrasco e Duquende, entre outros.

Discografia

1.1998 - Anoushka
2.2000 - Anourag
3.2001 - Live at Carnegie Hall
4.2005 - Rise
5.2007 - Breathing Under Water
6.2011 - Traveller


Fonte:Wikipedia





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÚSICA ANDINA : A ALMA MUSICAL DOS ANDES

Música andina é um termo que se aplica a uma vasta gama de gêneros músicas originados na Cordilheira dos Andes, aproximadamente na área dominada pelos incas antes do contato europeu. Esta área inclui integramente a Bolívia, norte do Chile, norte da Argentina, serras do Equador e o sul do Peru.
É tocada com uma gama variada de instrumentos nativos. Em algumas regiões e países, caracteriza-se pela interpretação com instrumentos como a flauta de pã, a quena, o charango e o tambor. Em outros lugares, os instrumentos básicos são o requinto (espécie de cavaquinho com altas notas melódicas), o violão, o triplo (espécie de violão com notas agudas), e a bandola. Entre os artistas mais destacados desse estilo musical regional são incluidos os grupos bolivianos, peruanos e chilenos como Los Kjarkas, Savia Andina, Alborada, Illapu e Inti-Illimani.

A flauta de pã ou flauta de pan é um instrumento musicalsul americano, e o nome genérico dado a instrumentos musicais constituídos por um conjunto de tub…

CANTO GREGORIANO - A MAIS ANTIGA MANIFESTAÇÃO MUSICAL DO OCIDENTE

Canto Gregoriano, ou Cantochão, é o nome que se dá à música monofônica, de apenas uma melodia, sem acompanhamento. Seu nome deriva do papa Gregório I, que comandou a igreja entre 590 e 604. Gregório I empreendeu uma reforma na igreja e passou a implementar este tipo de canto nas celebrações religiosas.

HISTÓRIA DO CANTO GREGORIANO

O canto gregoriano é a mais antiga manifestação musical do Ocidente e tem suas raízes nos cantos das antigas sinagogas, desde os tempos de Jesus Cristo. Os primeiros cristãos e discípulos de Cristo foram judeus convertidos que, perseverantes na oração, continuaram a cantar os salmos e cânticos do Antigo Testamento como estavam acostumados, embora com outro sentido, à medida que os não judeus gregos e romanos foram também se tornando cristãos, elementos da música e da cultura greco-franco-romana foram sendo acrescentados às canções judaicas.
O período de formação do canto gregoriano vai dos séculos I ao VI, atingindo o seu auge nos séculos VII e VIII, quando fo…

VIOLINO : A POESIA E O SOM DIVINO

SOM DIVINO
Ligi@Tomarchio®





Alameda passa...

Meus olhos sombreados
deliciam-se com o verde
e raios chamam
minh'alma encantada.

Violinos traduzem
em notas musicais as cores do céu...

Na terra, o pulsar...Corações apaixonados
entoados pela música divina
afinando os laços
que nos unem à vida.



* * * SUBLIME MELODIA
Elio Mollo
O espiritual e o material interagem
formando o grande astral
segundo a lei da afinidade
onde Amor é celebridade. Só se firma a sociedade
com a solidariedade
Isto sim, produz
A verdadeira liberdade.
Dessa forma o Amor
ordena toda a Humanidade. No Universo tudo se concatena
do mais simples ao mais complexo
do inculto ao mais sábio
do elementar até o arcanjo.
Seguindo todos numa evolução. Cada ser em seu apogeu
não sofre substituição
mas é sempre sucedido
numa boa diposição Cada ente tem sua nota
do, ré, mi, fá, sol, lá ou si
que o Amor ordena
numa oitava abaixo
ou em uma oitava acima
formando um acorde magistral
numa seqüência fundamental
fazendo soar
a sublime melodia universal. * * * CANTO À VIDAMarcial Sala…