Pular para o conteúdo principal

ENIGMA-PROJETO MUSICAL CÓSMICO







Enigma é um projeto musical elaborado por Michael Cretu, sua esposa Sandra Cretu, David Fairstein e Frank Peterson em 1990. Michael é o compositor e o produtor; Sandra fornece frequentemente o vocal em trilhas do Enigma. O casal trabalhou também junto no projeto da carreira solo de Sandra.
Seis álbuns com músicas inéditas, em estúdio, foram produzidos com o nome do projeto e várias outras compilações e remixes pela Virgin Records, Germany Data e Crocodile Music.
Em meados de 1970, Michael Cretu já tinha a carreira em suas mãos e vários trabalhos de colaboração com diversos outros músicos. Contribuiu também para os álbuns de sua esposa, Sandra Cretu. Antes do Enigma, Cretu lançou alguns álbuns com seu próprio nome, mas todos não foram particularmente bem sucedidos. Ele revelou em uma entrevista que acreditou que suas idéias começaram a funcionar logo a partir desse momento.
Foi então que Cretu traçou a criação de um novo estilo de "New Age" dance, sem nome ainda. E em dezembro de 1990, surge com o álbum de estréia do projeto: MCMXC a.D. O álbum foi o primeiro sucesso comercial de Cretu, com o single "Sadeness (Parte I)", onde eram mixados Cantos Gregorianos, batida altamente dançante e gemidos sensuais de Sandra, soando altamente peculiar aos ouvidos do público naquele tempo. Outro grande sucesso foi a sexy "Mea Culpa", remixada por vários dos melhores DJs da Europa. Antes que o álbum fosse lançado, Cretu foi cauteloso com a resposta que poderia obter, principalmente em relação a Igreja Católica e decidiu ocultar seu nome real, assinando como M.C. Curly. A contracapa do álbum conteve pouca informação sobre seus integrantes, promovendo o mistério sobre os criadores do álbum e conduzindo a especulação se o Enigma era uma pessoa ou um grupo.
Logo em seguida, "The Cross of Changes" ("O Cruzamento das Mudanças", ou "Cruzamento das Mudanças") foi lançado e vendeu seis milhões cópias em um ano. Com o Hit "Return to Innocence". Este foi o álbum com mais faixas utilizadas em campanhas publicitárias e filmes, sendo utilizado pela última vez no filme "Matrix", em 1999. A música "The Eyes of Truth", Cretu se deixou influenciar desta vez pelos ritmos hindus, inserindo cantos de lamento, que remetiam a paisagens e orações indianas. Sempre com a sua marca registrada. Um som de ostentação e de batidas sensuais, que elevavam a mente para causas espirituais, chamando a todos para uma meditação mais profunda sobre a vida e a nossa missão terrena.
Em 1996, lançou "Le Roi Est Mort, Vive Le Roi!" (O Rei Está Morto, Viva o Rei!). A idéia de Cretu era que este terceiro álbum fosse a síntese dos dois álbuns precedentes, e conseqüentemente os elementos familiares incluídos de cantos gregorianos e música hindu está mais presente que nunca. Embora o álbum tenha sido projetado tão meticulosamente por Cretu, não conseguiu o mesmo nível do sucesso que os dois anteriores. Em conseqüência somente dois dos três singles planejados foram lançados: "Beyond the Invisible" e "T.N.T For The Brain", também remixadas por DJs para as pistas de dança, principalmente na Alemanha, país natal da banda e onde fazem mais sucesso.
No ano 2000, "The Screen Behind The Mirror" (A tela atrás do espelho), incluiu amostras de Carmina Burana de Carl Orff em quatro faixas do álbum. Estão de volta o "Gregorian Chants Remixed" e um som mais grave, e extremamente dançante, e ainda flautas de Shakuhachi e outras assinaturas tradicionais do padrão Enigma. Somente "Gravity of Love" e "Push the Limits" foram lançadas como single. Também marca a estréia do cantor Andru Donalds no projeto do Enigma.
Em 2001, Cretu lançou o single "Turn Around" junto com a compilação "Love Sensuality Devotion - The Greatest Hits" e "Love Sensuality Devotion - The Remixes". Uma amostra dos álbuns, está em exposição no Planetarium de Munique, afixada lá durante a cerimônia de lançamento dos álbuns "LSD-Hits e LSD-Remixes".
"Voyageur" (Viajante) de 2003, foi considerado por muitos como uma transformação total do projeto. Quase todos os elementos proeminentes da assinatura de Enigma (o étnico e/ou o Gregorian chants, as flautas famosas de Shakuhachi) não estavam mais presentes nesse álbum, que foi muito mais eletrônico e utilizou escalas diferentes, uma espécie de releitura do projeto. Soou diferente, e em consequência dessa mudança, muitos não apreciaram essa nova sonoridade e as vendas foram afetadas.
Em 2005, a gerência do Enigma (Crocodile-Music) anuncia o lançamento do single mais esperado e mais atrasado da banda: "Hello and Welcome". O single seria originalmente lançado em outubro, porém foi adiado para 25 de novembro, e finalmente lançado na Alemanha em 10 de março de 2006. A canção é dedicada ao boxeador alemão, "Felix Sturm".
Já em 6 julho de 2006, o projeto Enigma finalmente lança o seu sexto disco "A Posteriori" que contém uma versão nova para "Hello and Welcome". Destaque para "Eppur Si Muove" e "Goodbye Milky Way". Este álbum é talvez o mais sombrio da banda, tomando como tema a Via Láctea, e sua destruição prevista para acontecer em alguns milhões de anos. Este álbum propõem uma reflexão sobre a criação e a destruição do cosmos, vida e morte, claro e escuro, assim como o primeiro álbum, só que desta vez, sem a temática sexual, dando mais ênfase ao dançante. Este álbum é lançado no mesmo período em que a humanidade olha para o céu, se questionando sobre o status de planeta ou asteróide, do corpo celeste chamado Plutão. "A Posteriori" é uma boa trilha sonora para essa reflexão, já que o abuso de ecos nas músicas remete a uma jornada pelo espaço sideral.
No começo de cada álbum Enigma, uma vinheta de boas vindas é ouvida. Sempre o mesmo som inconfundível de "The Voice of Enigma", apresentado de formas diferentes, em cada disco.
Muitas de suas canções são usadas em publicidade, filmes e até mesmo como ilustração de matérias jornalísticas ao redor de todo o mundo, é praticamente impossível que alguém nunca tenha ouvido ao menos um trecho de alguma de suas músicas.
Em 1993, Cretu recebeu a proposta de compor a trilha sonora completa do filme "Sliver" (1993) mas, no momento, estava desenvolvendo o segundo álbum do Enigma e estava impossibilitado de aceitar a oferta. Porém, entrega as canções Carly's Song e Carly's Loneliness, temas para a personagem Carly interpretada pela atriz Sharon Stone.
O projeto é também notável por apresentar para o grande público, o canto gregoriano, tornando-o uma grande sensação nos anos 90, para além de popularizar o uso da flauta de Shakuhachi.
As canções tais como "The Voice & The Snake" e Weightless poderiam ser vistas como canções experimentais, no uso de novos recursos de estúdio, e o uso de sons invertidos, jamais usados antes em álbuns comerciais, os mais proeminentes trabalhos em que se faz uso dessa utilização são os álbuns Le Roi Est Mort, Vive Le Roi! e The Screen Behind The Mirror, este último contem uma trilha experimental breve que consiste inteiramente em vocais invertidos, estas amostras invertidas foram menos utilizadas em Voyageur.
De um ponto de vista estatístico, cada álbum do projeto Enigma, vendeu aproximadamente metade do lançamento anterior.
O Projeto Vendeu mais de 40 milhões de álbuns.
O nível de sensualidade nas músicas do projeto, difere de álbum a álbum, profano em Principles of Lust (princípios da Luxúria), romântico em Gravity of Love (Gravidade do Amor), meigo na balada Return to Innocence (Retorno à Inocência), desse modo, Michael Cretu descreve a música do Enigma como sensual e não sexual.
Michael Cretu é extremamente caseiro e, reside atualmente em Ibiza (Eivissa), Espanha, morava em outro local, nos montes de Ibiza onde, até recentemente, funcionaram os estúdios de A.R.T. Mudou-se para uma outra mansão, construída com a finalidade de comportar um mega estúdio de gravação avançado (com o mesmo nome do anterior), para poder trabalhar em paz.
Michael Cretu está sob contrato com a "Virgin Records" para lançar um total de oito álbuns, com o prazo de um a cada três anos. Seguindo o prazo atual, se prevê que o último álbum do Enigma será lançado em 2012.
Fonte : Wikipédia







Postagens mais visitadas deste blog

MÚSICA ANDINA : A ALMA MUSICAL DOS ANDES

Música andina é um termo que se aplica a uma vasta gama de gêneros músicas originados na Cordilheira dos Andes, aproximadamente na área dominada pelos incas antes do contato europeu. Esta área inclui integramente a Bolívia, norte do Chile, norte da Argentina, serras do Equador e o sul do Peru.
É tocada com uma gama variada de instrumentos nativos. Em algumas regiões e países, caracteriza-se pela interpretação com instrumentos como a flauta de pã, a quena, o charango e o tambor. Em outros lugares, os instrumentos básicos são o requinto (espécie de cavaquinho com altas notas melódicas), o violão, o triplo (espécie de violão com notas agudas), e a bandola. Entre os artistas mais destacados desse estilo musical regional são incluidos os grupos bolivianos, peruanos e chilenos como Los Kjarkas, Savia Andina, Alborada, Illapu e Inti-Illimani.

A flauta de pã ou flauta de pan é um instrumento musicalsul americano, e o nome genérico dado a instrumentos musicais constituídos por um conjunto de tub…

VIOLINO : A POESIA E O SOM DIVINO

SOM DIVINO
Ligi@Tomarchio®





Alameda passa...

Meus olhos sombreados
deliciam-se com o verde
e raios chamam
minh'alma encantada.

Violinos traduzem
em notas musicais as cores do céu...

Na terra, o pulsar...Corações apaixonados
entoados pela música divina
afinando os laços
que nos unem à vida.



* * * SUBLIME MELODIA
Elio Mollo
O espiritual e o material interagem
formando o grande astral
segundo a lei da afinidade
onde Amor é celebridade. Só se firma a sociedade
com a solidariedade
Isto sim, produz
A verdadeira liberdade.
Dessa forma o Amor
ordena toda a Humanidade. No Universo tudo se concatena
do mais simples ao mais complexo
do inculto ao mais sábio
do elementar até o arcanjo.
Seguindo todos numa evolução. Cada ser em seu apogeu
não sofre substituição
mas é sempre sucedido
numa boa diposição Cada ente tem sua nota
do, ré, mi, fá, sol, lá ou si
que o Amor ordena
numa oitava abaixo
ou em uma oitava acima
formando um acorde magistral
numa seqüência fundamental
fazendo soar
a sublime melodia universal. * * * CANTO À VIDAMarcial Sala…

CANTO GREGORIANO - A MAIS ANTIGA MANIFESTAÇÃO MUSICAL DO OCIDENTE

Canto Gregoriano, ou Cantochão, é o nome que se dá à música monofônica, de apenas uma melodia, sem acompanhamento. Seu nome deriva do papa Gregório I, que comandou a igreja entre 590 e 604. Gregório I empreendeu uma reforma na igreja e passou a implementar este tipo de canto nas celebrações religiosas.

HISTÓRIA DO CANTO GREGORIANO

O canto gregoriano é a mais antiga manifestação musical do Ocidente e tem suas raízes nos cantos das antigas sinagogas, desde os tempos de Jesus Cristo. Os primeiros cristãos e discípulos de Cristo foram judeus convertidos que, perseverantes na oração, continuaram a cantar os salmos e cânticos do Antigo Testamento como estavam acostumados, embora com outro sentido, à medida que os não judeus gregos e romanos foram também se tornando cristãos, elementos da música e da cultura greco-franco-romana foram sendo acrescentados às canções judaicas.
O período de formação do canto gregoriano vai dos séculos I ao VI, atingindo o seu auge nos séculos VII e VIII, quando fo…