Pular para o conteúdo principal

ANI CHOYING DROLMA - MANTRAS TIBETANOS E COMPAIXÃO PELOS SERES SENCIENTES


A nepalesa Ani Choying Drolma 

ANI CHOYING DROLMA - MANTRAS TIBETANOS E COMPAIXÃO PELOS SERES SENCIENTES

Apresenta o espetáculo Mantras e Outros Sons. Ela  canta mantras tibetanos e explicar seu significado e uso. Além dos mantras tibetanos, também  apresenta músicas de outros países.

Nascida em 1971 em Katmandu, filha de tibetanos exilados, Choying Drolma (também conhecida como Choying Dolma) é monja budista, conhecida no mundo todo por sua divulgação de mantras e músicas do budismo tibetano. Desde 1994 ela grava com artistas de outros países e faz turnês divulgando a arte tibetana. Em 2000, fundou a escola Arya Tara, que recebe meninas vítimas da violência, fornecendo-lhes uma educação sólida que lhes permita tem uma participação social ativa. A escola é mantida com a renda obtida nos shows e turnês de Choying Drolma.
Saiba mais sobre o trabalho de Ani Choying Drolma e sobre a escola Arya Tara visitando o site oficial
. Você também pode ler o maravilhoso livro Minha voz pela liberdade (Rocco, 2009), a autobiografia de Ani Choying Drolma.

Discografia de Ani Choying Drolma: Cho (1997), Selwa (1998),Dancing Dakini (1999), Choying (2000), Moments of Bliss (2004),Smile (2005), Inner Peace (2006) e Time 
(2007).

Postagens mais visitadas deste blog

MÚSICA ANDINA : A ALMA MUSICAL DOS ANDES

Música andina é um termo que se aplica a uma vasta gama de gêneros músicas originados na Cordilheira dos Andes, aproximadamente na área dominada pelos incas antes do contato europeu. Esta área inclui integramente a Bolívia, norte do Chile, norte da Argentina, serras do Equador e o sul do Peru.
É tocada com uma gama variada de instrumentos nativos. Em algumas regiões e países, caracteriza-se pela interpretação com instrumentos como a flauta de pã, a quena, o charango e o tambor. Em outros lugares, os instrumentos básicos são o requinto (espécie de cavaquinho com altas notas melódicas), o violão, o triplo (espécie de violão com notas agudas), e a bandola. Entre os artistas mais destacados desse estilo musical regional são incluidos os grupos bolivianos, peruanos e chilenos como Los Kjarkas, Savia Andina, Alborada, Illapu e Inti-Illimani.

A flauta de pã ou flauta de pan é um instrumento musicalsul americano, e o nome genérico dado a instrumentos musicais constituídos por um conjunto de tub…

VIOLINO : A POESIA E O SOM DIVINO

SOM DIVINO
Ligi@Tomarchio®





Alameda passa...

Meus olhos sombreados
deliciam-se com o verde
e raios chamam
minh'alma encantada.

Violinos traduzem
em notas musicais as cores do céu...

Na terra, o pulsar...Corações apaixonados
entoados pela música divina
afinando os laços
que nos unem à vida.



* * * SUBLIME MELODIA
Elio Mollo
O espiritual e o material interagem
formando o grande astral
segundo a lei da afinidade
onde Amor é celebridade. Só se firma a sociedade
com a solidariedade
Isto sim, produz
A verdadeira liberdade.
Dessa forma o Amor
ordena toda a Humanidade. No Universo tudo se concatena
do mais simples ao mais complexo
do inculto ao mais sábio
do elementar até o arcanjo.
Seguindo todos numa evolução. Cada ser em seu apogeu
não sofre substituição
mas é sempre sucedido
numa boa diposição Cada ente tem sua nota
do, ré, mi, fá, sol, lá ou si
que o Amor ordena
numa oitava abaixo
ou em uma oitava acima
formando um acorde magistral
numa seqüência fundamental
fazendo soar
a sublime melodia universal. * * * CANTO À VIDAMarcial Sala…

CANTO GREGORIANO - A MAIS ANTIGA MANIFESTAÇÃO MUSICAL DO OCIDENTE

Canto Gregoriano, ou Cantochão, é o nome que se dá à música monofônica, de apenas uma melodia, sem acompanhamento. Seu nome deriva do papa Gregório I, que comandou a igreja entre 590 e 604. Gregório I empreendeu uma reforma na igreja e passou a implementar este tipo de canto nas celebrações religiosas.

HISTÓRIA DO CANTO GREGORIANO

O canto gregoriano é a mais antiga manifestação musical do Ocidente e tem suas raízes nos cantos das antigas sinagogas, desde os tempos de Jesus Cristo. Os primeiros cristãos e discípulos de Cristo foram judeus convertidos que, perseverantes na oração, continuaram a cantar os salmos e cânticos do Antigo Testamento como estavam acostumados, embora com outro sentido, à medida que os não judeus gregos e romanos foram também se tornando cristãos, elementos da música e da cultura greco-franco-romana foram sendo acrescentados às canções judaicas.
O período de formação do canto gregoriano vai dos séculos I ao VI, atingindo o seu auge nos séculos VII e VIII, quando fo…