Pular para o conteúdo principal

MANTRA GAYATRI - A ORAÇÃO UNIVERSAL




Ao repetirmos o poderoso mantra Gayatri, entramos em contato com uma onda luminosa de esclarecimento.
Esta oração universal foi revelada nos tratados milenares dos Vedas, posteriormente citado no Bhagawad Gita e até hoje é reverenciado como um mantra que traz a luz do conhecimento através da sua livre repetição.


A palavra Gayatri é composta por duas palavras:

Gaya = Florescer, abundar, energizar (vitalizar), energia vital.
Trâyate = O que protege; o que concede a liberação.

Podemos encontrar centenas de melodias diferenciadas, contudo sua métrica poética é sempre mantida e acredita-se que, quanto mais perfeita for sua pronúncia, mais poderoso será seu efeito em nossa vida.

Podemos associar este mantra à nossa sadhana (prática espiritual) pessoal ao recitar sua letra como forma de prática. A esta repetição atribui-se clareza de pensamento e bom rendimento intelectual.

“Nunca abandonem o Gayatri; vocês podem deixar ou ignorar qualquer outro mantra, mas vocês deveriam recitar o Gayatri pelo menos algumas vezes durante o dia.

Ele os protegerá dos perigos onde quer que vocês estejam – viajando, trabalhando ou em casa.
Os ocidentais investigaram as vibrações produzidas por este mantra e descobriram que quando ele é recitado com a pronúncia correta, como estabelecido nos Vedas, a atmosfera ao redor torna-se visivelmente iluminada. Assim, o resplendor de Brahma descerá sobre vocês, animará os seus intelectos e iluminará o seu caminho quando este mantra for entoado.

Gayatri é a Mãe, a força que anima toda a vida. Portanto, dele não se descuide nunca."
SAI BABA
SAI BABA cantando o Gayatri Mantra


Gayatri

É a forma feminina de gāyatra, uma palavra sânscrita para uma música ou hino. Pode ser:

• O nome de uma métrica poética védica de 24 sílabas (três linhas de oito sílabas cada).
• Qualquer hino composto nesta métrica.
• No Hinduísmo, é um mantra em particular, atribuído ao Vishwamitra, e uma deusa como a sua personificação, considerada uma representação do Parabrahman.

Uma das mais belas versões do Gayatri por Deva Premal


Mantra

O Gayatri Mantra é o mais venerado mantra no Hinduísmo. Consiste no prefixo :oṃ bhūr bhuvaḥ svaḥ, uma fórmula tirada do Yajurveda, e o verso 3.62.10 do Rig Veda (que é um exemplo da métrica Gayatri).

O Gayatri mantra é encontrado em todos os quatro Vedas. A deva invocada neste mantra é Savita, e consequentemente o mantra também é chamado de Sāvitrī.

Amplamente aclamado na Índia e por hindus, a posição suprema do Gāyatrī Mantra é mais adiante aumentada pela proclamação do Senhor Krishna no seu discurso espiritual, o Bhagavad Gita, que entre os mantras ele é o Gāyatrī. O Gayatri Mantra é proclamado no Gita como a Oração Universal, sem consideração de casta, credo ou sexo. É uma oração com o propósito de proteger qualquer indivíduo, e, quando expressado com imensa devoção e concentração, protegerá a pessoa. Contudo, uma pronúncia adequada é necessária.
Tradução

• Traduzida do inglês, baseada na tradução de Ralph T.H. Griffith (1896):

(a,b) "Que nós possamos atingir aquela excelente glória de Savitr :(c) "Para que, assim, ele possa estimular as nossas orações".
Explicação palavra-por-palavra

(as palavras não estão na ordem exata)

om O som sagrado, ver Om.
bhū 'terra'
bhuvas 'atmosfera'
svar 'luz, céu, espaço'
dhīmahi 'Que nós possamos atingir'
tat varenyam bhargas 'aquela excelente glória
varenya 'desejável, excelente' e bhargas- 'radiância, lustre, esplendor, glória')
savitur devasya 'de Savitr o Deus' (de savitr-, 'estimulante; nome de uma deidade solar' e deva)
yaḥ pracodayāt 'que possa estimular'
yad-; de pra-cud- 'colocar em movimento, apressar, persuadir, impelir, impulsionar')
dhiyaḥ naḥ 'nossas orações' (plural acusativo de dhi- 'pensamento, meditação, devoção, oração' e naḥ

Outras traduções e interpretações

• Kavikratu Tattva Budh

"O Sol Supremo e Todo-Poderoso nos impulsiona com o seu divino brilho para que então nós possamos atingir uma nobre compreensão da realidade."

• Gayatri Pariwar

"Ó Deus, Tu és o doador da vida, o removedor da dor e da tristeza, que garante a felicidade; Ó Criador do Universo, possamos nós receber a Tua suprema luz, destruidora dos pecados; possa Tu guiar o nosso intelecto no caminho certo."
• William Q. Judge

"Desvele, Ó Tu que deste mantimento ao Universo, de quem tudo procede, a quem tudo deve retornar, aquela face do Verdadeiro Sol agora oculto por um vaso de luz dourada, que nós possamos ver a verdade e fazer o nosso dever inteiro na nossa jornada ao teu assento sagrado."

"Ó matéria-energia-mente (universo triplo); Nesta digna fonte de luz espiritual divina, medita: assim, ilumina o nosso intelecto."
• Times Music

"Ó, Criador do universo! Meditamos sobre Teu supremo esplendor. Possa Teu radiante poder iluminar o nosso intelecto, destruir os nossos pecados, e nos guiar no caminho certo."
Versão do Gayatri por Viya Negromonte



A Deusa
Originalmente a personificação do mantra, a deusa Gayatri é considerada veda mata, a mãe de todos os Vedas e a conjugue do Deus Brahma, e também a personificação de Parabrahman, a realidade imutável que está por trás de todos os fenômenos.

Gayatri é geralmente retratada sentada num lótus vermelho, significando riqueza.


Ela aparece em qualquer uma dessas formas:

• Como tendo cinco cabeças, com dez olhos olhando nas oito direções e o céu e a terra, e dez braços segurando todas as armas de Vishnu, simbolizando todas as suas reencarnações.

• Acompanhada por um cisne, segurando um livro em uma mão, uma conta de oração e uma veena na outra, como a deusa da Sabedoria.

Para maiores detalhes, conhecer a lenda do Gayatri e tradução literal das palavras indicamos o link: http://www.anjodeluz.com.br/gayatri2.htm


Texto e adaptação: Sandro Shankara
Fonte de pesquisa: Wikipédia

Postagens mais visitadas deste blog

MÚSICA ANDINA : A ALMA MUSICAL DOS ANDES

Música andina é um termo que se aplica a uma vasta gama de gêneros músicas originados na Cordilheira dos Andes, aproximadamente na área dominada pelos incas antes do contato europeu. Esta área inclui integramente a Bolívia, norte do Chile, norte da Argentina, serras do Equador e o sul do Peru.
É tocada com uma gama variada de instrumentos nativos. Em algumas regiões e países, caracteriza-se pela interpretação com instrumentos como a flauta de pã, a quena, o charango e o tambor. Em outros lugares, os instrumentos básicos são o requinto (espécie de cavaquinho com altas notas melódicas), o violão, o triplo (espécie de violão com notas agudas), e a bandola. Entre os artistas mais destacados desse estilo musical regional são incluidos os grupos bolivianos, peruanos e chilenos como Los Kjarkas, Savia Andina, Alborada, Illapu e Inti-Illimani.

A flauta de pã ou flauta de pan é um instrumento musicalsul americano, e o nome genérico dado a instrumentos musicais constituídos por um conjunto de tub…

CANTO GREGORIANO - A MAIS ANTIGA MANIFESTAÇÃO MUSICAL DO OCIDENTE

Canto Gregoriano, ou Cantochão, é o nome que se dá à música monofônica, de apenas uma melodia, sem acompanhamento. Seu nome deriva do papa Gregório I, que comandou a igreja entre 590 e 604. Gregório I empreendeu uma reforma na igreja e passou a implementar este tipo de canto nas celebrações religiosas.

HISTÓRIA DO CANTO GREGORIANO

O canto gregoriano é a mais antiga manifestação musical do Ocidente e tem suas raízes nos cantos das antigas sinagogas, desde os tempos de Jesus Cristo. Os primeiros cristãos e discípulos de Cristo foram judeus convertidos que, perseverantes na oração, continuaram a cantar os salmos e cânticos do Antigo Testamento como estavam acostumados, embora com outro sentido, à medida que os não judeus gregos e romanos foram também se tornando cristãos, elementos da música e da cultura greco-franco-romana foram sendo acrescentados às canções judaicas.
O período de formação do canto gregoriano vai dos séculos I ao VI, atingindo o seu auge nos séculos VII e VIII, quando fo…

VIOLINO : A POESIA E O SOM DIVINO

SOM DIVINO
Ligi@Tomarchio®





Alameda passa...

Meus olhos sombreados
deliciam-se com o verde
e raios chamam
minh'alma encantada.

Violinos traduzem
em notas musicais as cores do céu...

Na terra, o pulsar...Corações apaixonados
entoados pela música divina
afinando os laços
que nos unem à vida.



* * * SUBLIME MELODIA
Elio Mollo
O espiritual e o material interagem
formando o grande astral
segundo a lei da afinidade
onde Amor é celebridade. Só se firma a sociedade
com a solidariedade
Isto sim, produz
A verdadeira liberdade.
Dessa forma o Amor
ordena toda a Humanidade. No Universo tudo se concatena
do mais simples ao mais complexo
do inculto ao mais sábio
do elementar até o arcanjo.
Seguindo todos numa evolução. Cada ser em seu apogeu
não sofre substituição
mas é sempre sucedido
numa boa diposição Cada ente tem sua nota
do, ré, mi, fá, sol, lá ou si
que o Amor ordena
numa oitava abaixo
ou em uma oitava acima
formando um acorde magistral
numa seqüência fundamental
fazendo soar
a sublime melodia universal. * * * CANTO À VIDAMarcial Sala…